Melhores antibióticos para infecção respiratória

As infecções respiratória afetam o aparelho respiratório, causando falta de ar, constipação e muito desconforto.  Esse tipo de infecção é a terceira causa mundial de mortes entre adultos, afetando o pulmão, cavidade pleural, tubos bronquiais, traqueia, trato respiratório superior, e nervos e músculos da respiração.



A infecção das vias respiratórias podem atingir indivíduos de todas as idades, porém é mais comum em crianças, idosos e imunossuprimidos.

O que é infecção respiratória?

antibioticos-infeccao-respiratoriaA infecção respiratória ocorre quando uma parte do aparelho respiratório é infetada por um microrganismo que pode ser um vírus, uma bactéria, um fungo ou um parasita.

Em geral, os resfriados comuns e alguns tipos de pneumonia são causados por vírus. Já as bactérias geralmente são responsáveis por infecções respiratórias mais graves, afetando qualquer área das vias respiratórias, desde a área nasal e oral até ao pulmão. Pode causar rinite, otite, faringite, adenoidite, amigdalite, laringite, traqueobronquite, bronquiolite, pneumonia, etc.

As infecções respiratórias classificam-se de acordo com a localização e distinguem-se em dois grandes grupos:

  • Infecções respiratórias agudas altas, que são aquelas que afetam o trato respiratório superior;
  • Infecções respiratórias agudas baixas, que são aquelas que afetam o trato respiratório inferior.

Esse tipo de enfermidade pode levar a morte, caso não seja tratada da maneira correta.

Causas e fatores de risco da infecção respiratória

As infecções respiratórias podem ser causadas por vírus, fungos ou bactérias gerando doenças como faringite, rinite, sinusite, rinossinusite, pneumonia e bronquiolite, dentre outros.

  • Dentro das bactérias, as mais comuns são o Streptococcus pneumoniae, Mycoplasma pneumoniae, Haemophilus influenzae e Chlamydophila pneumoniae.
  • Crianças, idosos e os imunossuprimidos são o público que mais sofrem com esse tipo de infecção.
  • Os fatores ambientais também são implicam na infecção do aparelho respiratório.

Sintomas da infecção respiratória

A infecção respiratórias apresentam características particulares, de acordo ao órgão envolvido. Esses sintomas, podem ajudar a diagnosticar qual parte do trato respiratório foi acometido pela infecção.

Os sintomas mais comuns de uma infecção respiratória são:



  • Dificuldade respiratória;
  • Pieira;
  • Febre alta;
  • Cansaço marcado;
  • Falta de apetite;
  • Tosse;
  • Mal estar;
  • Dor torácica;
  • Catarro;
  • Pode haver dor de ouvido;
  • Pode haver dor abdominal (principalmente nas crianças).

Como tratar uma infecção respiratória

Para cada agente causador da infecção existe um medicamento apropriado.  As infecções bacterianas são tratáveis. O tratamento se baseia em antibióticos, antitérmicos quando há febre, analgésicos e ingestão de muita água.

O primeiro passo é saber qual é o tipo de infecção, gravidade e bactéria que estamos lidando.

Para diagnosticar a infecção respiratória o médico deverá solicitar exames como: hemograma, raio-x de tórax, fazer a ausculta pulmonar e o teste do escarro para identificar o micro organismo que gerou a infecção e assim decidir pelo tratamento mais indicado.

A partir daí é escolhido um antibiótico mais adequado para tratar a infecção respiratória, a dosagem e tempo de duração do tratamento.

Outra coisa que influencia na escolha do antibiótico é a história de alergias e os exames de laboratório que testam as bactérias que causam a infecção. Após o término do tratamento com antibióticos, o médico deve solicitar novos exames para assegurar que a infecção está curada.

Os antibióticos da família das penicilinas são bastante usados para tratar as infecções do trato respiratório. São eles:

  • Amoxicilina;
  • Ampicilina;
  • Azlocilina;
  • Carbenicilina;
  • Cloxacilina;
  • Mezlocilina;
  • Nafcilina;
  • Penicilina;
  • Piperacilina;
  • Ticarcilina.

Em pessoas alérgicas a penicilina, podem ser usados os antibióticos da família dos macrolídios, são eles:

  • Azitromicina;
  • Claritromicina;
  • Eritromicina.

Importante: Nunca use antibióticos por conta própria. Siga as orientações do seu médico.

Recomendamos que você veja isso

Você ou alguém da sua família tem diabetes? Não brinque com coisa séria! Veja como dominar e até curar sua diabetes e ter uma vida plena e saudável! Vale a pena conferir.

Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Quer um Cartão de Crédito com limite de até R$: 1200,00 para comprar medicamentos e produtos de higiene podendo dividir em até 5x s/Juros?

Cartão de Crédito MasterCard Farmácias Pague Menos
Cartão de Crédito VISA Farmácias Pague Menos

 

3 Comentários

  1. Pedro says:

    Me foi muito útil, obrigado

  2. Thâmata Teles says:

    òtimo!

  3. dimas gonsales says:

    obrigado tirei todas as duvidas muito bom

Deixe um comentário